David Lima


Desenvolvedor Web

Zend Certified PHP Engineer: ano 1

O meu objetivo com a certificação não era (pelo menos não diretamente) ter um salário melhor, muito menos para poder dizer “Me contrate porquê eu sou um ZCPE e todos os outros candidatos não são tão aptos quanto eu” em toda e qualquer entrevista de emprego. Minha motivação principal para conseguir a certificação foi para me testar. Desde quando eu comecei a trabalhar com PHP, em 2011, me perguntava se eu estava aprendendo do jeito certo. Bom, eu conheci cedo as boas práticas de desenvolvimento e sempre tive o php.net como principal fonte de buscas. Mas ok, isso não significa que eu não esteja passando por um aprendizado “errado”, então essa dúvida sempre martelava na minha cabeça. Depois de ter trabalhado bastante com a linguagem, estudado muito e conhecido desenvolvedores mais experientes, decidi que iria passar por esse teste e, se passasse, era sinal de que eu estava aprendendo tudo do jeito certo, afinal, devo admitir que este não é um teste qualquer, e que é extremamente bem elaborado por pessoas da comunidade PHP e da própria Zend (é uma prova fornecida pela Zend, então...). Aí eu agendei a prova, estudei mais e fui lá fazer. Passei.

No momento em que finalizei a prova, já me sentia um profissional melhor. É realmente uma coisa difícil de explicar. Num momento você é um programador, no outro você é um programador com um “selo Zend de qualidade”. Isso me motivou a estudar muito mais a linguagem. Mas e aí? o que mudou depois?

ZCPE

Além do certificado, você ganha um adesivo supimpa e uma licença perpétua do Zend Studio. Tá bom ou quer mais? :p

Você não vai fazer xixi azul ou qualquer coisa assim depois de conseguir a certificação.

Li essa frase em um artigo de um desenvolvedor que havia conseguido uma certificação também (não lembro o nome do artigo e nem do autor. Se for você, me desculpe por usar sua frase sem citar os créditos, sério. E me avise.).

Quer dizer, na prática, não vai ser uma coisa que vai tornar cada dia da sua vida diferente, ninguém vai te olhar na rua e dizer “Olha, um ZCPE! Preciso de um autógrafo”. Não, isso não vai acontecer.

Por outro lado, pouco mais de um mês depois, recebi uma proposta de emprego bem tentadora, que inclusive aceitei e já tinha data para iniciar, quando recebi um email sobre uma vaga melhor ainda. Não era garantido mas resolvi tentar, e consegui.

Obviamente, a certificação não é um “cheat” da vida do programador PHP e não vai fazer você passar automaticamente em qualquer entrevista de emprego, mas pode ter um peso considerável. Independente de tudo, o que a certificação Zend diz sobre o programador PHP é: “esse cara conhece de verdade a linguagem”, e não “esse cara é um semi-deus da programação”. Sendo assim, podemos levar em conta que existem outros fatores em entrevistas, como seu conhecimento em outras tecnologias que a empresa usa, sua capacidade de aprendizado, etc.

Uma coisa bem legal é que, desde que consegui a certificação, tenho recebido várias propostas de freelance. Ao que parece, a certificação tem bastante peso aqui. Neste ponto, a certificação me ajuda a atrair clientes, mas isso não quer dizer que eu estou apto a desenvolver 100% das propostas que recebo (como já disse, o título ZCPE não te torna o melhor desenvolvedor PHP do universo).

Em resumo, sim, a certificação vale a pena, se você souber explorar as oportunidades. Mantenha sua humildade acima de tudo e entenda que a certificação é um adicional, e não sua principal qualidade como programador PHP. Feito isso, as mudanças simplesmente vão acontecer ;)


Bônus: sobre a prova.

Não é fácil. Não tem decoreba. Não tem “macete”.

A ZCPE foi a primeira certificação que eu consegui, e pra mim, parece um modelo ótimo de prova de certificação: as perguntas são aleatórias, você não tem como decorar o que vai cair, não tem como pegar o “gabarito” com algum coleguinha que já conseguiu a certificação. Para se dar bem na prova, você precisa simplesmente entender de PHP. Os estudos vão te preparar para os tipos de perguntas que podem cair na prova, e nada mais que isso.

Além disso, a prova é feita em um local isolado, onde você não tem acesso a internet e não pode levar nenhum pertence pessoal, o que deixa as coisas mais justas.

Para se preparar para a prova, a melhor opção é o grupo Rumo a Certificação PHP. Lá, questões sobre PHP são publicadas diariamente, e essas questões são publicadas no formato das questões da prova, o que te dá uma visão legal do tipo de coisa que pode cair, além disso você pode tirar suas dúvidas sobre as questões lá mesmo, todos no grupo são extremamente prestativos e vão te ajudar sem pensar duas vezes, isso realmente faz MUITA diferença nos estudos.

Além de responder as perguntas no grupo, o app PHP ZCE Pratice Exam também ajuda muito a quem estiver estudando. Esse aplicativo usa as perguntas publicadas no grupo mencionado acima, com o diferencial de ter um formato “quiz”, onde você pode ir respondendo as perguntas e ver sua pontuação no final, assim você sabe o que acertou/errou e o que precisa estudar mais.

Depois que você estudar muito e achar que já estiver manjando de tudo, comece a estudar de novo. O voucher para a prova não é barato (principalmente em tempos de crise, com o dólar a R$ 4,00), e não é legal desperdiçá-lo. Estude muito, tire todas as suas dúvidas, nem que seja “coisa boba”, pois pode ser que você precise exatamente dessa resposta para conseguir sua certificação.

É isso. Se você tiver alguma dúvida sobre a certificação que não foi respondida, fique a vontade para usar os comentários abaixo ;)